Blog do Hala

Pelo Mundo Afora

Lost in Translation

with 6 comments


Chegando aos Estados Unidos voce conclui em 3 minutos que tudo que voce investiu em cursos de Ingles no Brasil foi na realidade dinheiro jogado no lixo. Alguns exemplos que aconteceram comigo:

– Hi, my name is Paulo?

– Excuse me, what is your name?

– Paulo

– Polo?

– No, Paulo.

– Ah, Palo?

– No, P-a-u-l-o

– OK. Pelo.

– No, let me spell it: P(pi) – A(ei)- U (iu) – L (el)- O (ooo)

– Perfect, Paula!

– You know what, use my last name: Hala….

Sem brincadeira, passei os ultimos 10 anos tentando explicar pros Americanos e Ingleses que o meu nome eh Paulo. Na Italia foi facil, escreviam Paolo, mas como o som eh igual ao de Paulo ate que dava certo. Na America Latina me chamam de Pablo. E assim vai… Mas o maior problema sempre foram os paises onde se fala Ingles. Uma vez recebi uma carta enderecada para o Powell Hala (era a epoca do Colin Powell como secretario de estado, achei melhor que Paula)…Agora ja me apresento como Paulo Hala – e ja digo logo de cara POW-LOW. Nao funciona, mas eh divertido, por que o interlocutor evita dizer o meu nome sempre que possivel.

Outro dia fomos a um restaurante aqui na Inglaterra e ficamos na fila de espera. Na hora de dar o meu nome na espera resolvi apelar e dar uma sacaneada na hostess do restaurante. Ela disse: Name? Eu respondi: Bunda, Mr. Bunda…pena que a hostess era Brasileira…

Na realidade tem muito Brasileiro em Londres, estima-se o numero em 500 mil!! Mas a sensacao eh de uns 5 milhoes. Aonde voce vai tem sempre um Brasileiro. Eh bom e ruim…Bom por que voce se sente em casa. Ruim por que voce tem que tomar cuidado com o que fala o tempo todo. E como voces sabem eu sou, segundo a Carla, “engracadinho sem graca”, entao costumo dar umas gafes dessas do Mr. Bunda.

Mas voltando ao dinheiro jogado no lixo nos cursos de Ingles, sua vida passa a ser uma descoberta atras da outra:

– Voce descobre que apesar de ter levado o maior esporro da sua querida professora de Ingles Ms Diniz quando escreveu 2 persons ao inves de 2 people, voce estaca certo! As placas da HOV lane de Atlanta nao me deixam mentir (High Occupancy Vehicle Lane – eh uma pista especial de trafico nas rodovias de Atlanta em que soh podem rodar carros com 2 ou mais ocupantes – a ideia eh reduzir o trafego com mais pessoas usando o mesmo carro). Nao acredita em mim? Veja abaixo ou vai procurar no Google.

HOV

– Voce descobre um negocio chamado licenca poetica, que basicamente permite aos cantores famosos cometerem erros grosseiros de gramatica tipo The Girl Don’t Mind, mas que nunca pode ser usado como desculpa nas suas provas da Uniao Cultural Brasil-EUA.

– Voce descobre que nao existe direita, esquerda, pra cima e pra baixo em Ingles, mas sim North, South, East and West. Voce tambem descobre que nunca teve uma bussola…e que uma bussola aqui se chama compass…ai voce esta perdido, mesmo!

– Voce descobre que numeros em Ingles sao bem diferentes de numeros em Portugues. Aquela babela que o seu Professor de Matematica dizia: “A Matematica eh Universal” nao serve nem para para-choque de caminhao. A gente diz 1200 (mil e duzentos) de boca cheia como one thousand two hundred…dai o Americano ou Ingles chama o mesmo numero de twelve hundred…e assim por diante

– A gente usa ponto e virgula em 1.200,00. Os saxoes usam virgula e ponto para o mesmo numero 1,200.00

– A gente usa KM e eles usam Milhas…

– A gente usa cm e eles usam polegadas…

– A gente usa metros e eles usam pes…

– A gente usa meses e eles usam estacoes do ano!

Ou seja, voce acha que aprendeu Ingles, mas estava apenas comecando…tenta fazer esta conta mentalmente em Ingles: ((US$ 3,323.12/25)*2)-37+2,2732. Mas tem que ser em Ingles…NAO DA!

Tomou alguns segundos pra cair esta ficha, ou melhor, for the pin to drop. Raciocinio matematico ou logico soh pode ser feito na sua lingua materna…

Agora, o mais legal eh sonhar em Ingles! Falando nisso, to indo dormir. Amanha conto esta outra estoria…

Hala

Written by paulohala

October 28, 2009 at 3:25 pm

Posted in Memorias...

6 Responses

Subscribe to comments with RSS.

  1. Muito legal essa estória. Realmente só passamos a saber que o inglês aprendido no país brazuca, em uma das melhores escolas de idiomas daqui não é suficientemente bom, quando estamos nos países de língua inglesa. Por isso, acho que é muito bom passar um tempo fora do Brasil, pois ai sim teremos a tão sonhada fluência. Quanto aos brasileiros espalhados por esse mundo é outra realidade. Eu estava vendo um jogo do Brasil, aqueles SUB alguma coisa, no Egito e quem era a maior torcida em campo?? A brasileira. É bom tomar cuidado mesmo com alguns comentários, pois nunca sabemos quem está ao lado. Quanto ao BLOG em um novo provedor, bom isso se deve ao SUCESSO e aos inúmeros acessos. Se cuida Mainarde!!!

    Emerson

    October 28, 2009 at 5:40 pm

    • Valeu Tio Meme,

      E’ isso ai. Vc deve lembrar de uma vez em NY que fomos a uma loja e perguntamos em que andar poderiamos achar casacos. A sra de informacoes disse Four, a gente entendeu For?, e respondemos: For rain, e ela disse Four? E a gente repetiu: For rain….depois de uns 5 minutos caiu a ficha hahahahahaha.

      Mainarde ja me ligou pra ver se pode escrever no Blog…😉

      Beijos,

      Paulo

      paulohala

      October 29, 2009 at 9:46 am

  2. realmente, só morando na Inglaterra pra entender porque eles falam not too bad ao invés de I m fine, thanks (que é o que a gente aprende nas escolinhas). How are you? Not too bad (nos primeiros 3 anos aqui eu morria de raiva disso!)

    mari

    October 30, 2009 at 11:19 am

  3. ah, e esqueci de dizer que eu – aquela que não sabe contar – trabalhei com accountancy aqui por 9 meses. Essa onda de vírgula no lugar de ponto pra mim, imagina a zona que num era!!!! Fazi TUDO rigorosamente TUDO errado, mas era gente boa, eles iam me empurrando, o time todo tinha de corrigir minhas valuations HAHAHAHHAHAHA

    mari

    October 30, 2009 at 11:22 am

  4. Mari, tanto voce como o Bruno tiveram as mesmas experiencias que a gente! Logo logo vou incluir um post chamado “Nao Estamos Sos!!”. Heheheheeheheeh

    paulohala

    October 30, 2009 at 11:32 am

  5. E a idade das crianças , ou da gestação ?
    Nenhuma criança tem 2 anos , elas tem 24 meses .
    As grávidas não estão grávidas de 6 meses , mas de 24 semanas .
    Paulo , tem 1 coisa : Demora , mas a gente pega o jeito .
    E na França ? Após concluir meu curso na Aliança Francesa , eu fui para o Sul da França exercitar e me arrependi …Tinha que me inscrever em um intensivo de argot . Os Franceses assassinam o idioma tal qual os Americanos e Brasileiros .
    E não são tão bem humorados como os Anglo-saxões ….

    Sandra

    November 17, 2009 at 12:41 am


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: